31 3213-0374 / 8766-5665 / 8955-5665

Surpreenda-se

Cirurgia plástica segura. Marque sua consulta!
Home > Cirurgia Plástica > Abdominoplastia (Cirurgia do abdômen)

Abdominoplastia (Cirurgia do abdômen)

Abdominoplastia (Cirurgia do abdômen)

A CIRURGIA DE ABDOMINOPLASTIA EM BH

Abdominoplastia é o procedimento cirúrgico que tem como finalidade a remoção de gordura localizada na barriga, estrias e pele flácida na área inferior do abdômen.

Essa cirurgia não consegue eliminar as estrias da região lateral do corpo ou acima do umbigo. Por ser um tratamento para flacidez, a abdominoplastia é bem diferente da lipoaspiração, que é indicada para excesso de gordura localizada onde há boa textura e elasticidade da pele.

Em caso de flacidez moderada na barriga, é indicada a cirurgia de mini-abdominoplastia, onde existe apenas a retirada do tecido excessivo e a modelação do abdome. Já em casos em que o excesso é mais exagerado, o paciente é designado a realizar uma dermolipectomia clássica, em que se trabalha todo o abdome anterior com o tratamento da cicatriz umbilical.

O importante na cirurgia plástica de abdominoplastia não é o que se retira, mas a manutenção das proporções do corpo e de sua harmonia como um todo após o processo. Sendo uma cirurgia que retira determinada quantidade de pele e gordura da barriga, evidentemente haverá uma redução no peso corporal, que varia de acordo com o volume do abdome de cada paciente. Porém não é o peso perdido que define o resultado estético da abdominoplastia, mas as proporções que o abdome mantenha com o restante do tronco e membros. A cirurgia também corrige a flacidez muscular da parede abdominal que possa acompanhar os excessos de tecidos. Assim, podemos reposicionar os músculos retos do abdome que estejam afastados após uma gravidez, as distensões abdominais prolongadas ou mesmo alguma incompetência muscular. Como, também, trata-se de cirurgia de contorno, a abdominoplastia, muitas vezes, é acompanhada de lipoaspiração de flancos (porção lateral do abdômen), dorso ou de outras áreas necessárias para a harmonia desse segmento corporal.

EM QUAIS CASOS A ABDOMINOPLASTIA É INDICADA?

Desde que haja uma flacidez abdominal comprovada, pode-se indicar a cirurgia de abdominoplastia, respeitando-se o início da idade adulta. Às mulheres que ainda não tiveram filhos recomendamos refletir bastante antes de decidirem-se pela cirurgia na barriga, conversando com o seu médico e seus familiares. Isto se dá porque, caso a paciente fique grávida após a abdominoplastia, os resultados estéticos certamente ficarão comprometidos, necessitando de nova cirurgia de abdominoplastia, na maioria dos casos.

Também após uma gravidez, recomendamos esperar que os tecidos acomodem-se antes de se indicar uma cirurgia plástica do abdome. Não aconselhamos a cirurgia de abdominoplastia antes de 12 meses do parto e antes de seis meses da última amamentação.

A cirurgia plástica do abdômen não deve ser considerada um tratamento de emagrecimento. Pessoas demasiadamente obesas obtêm resultado pouco satisfatório com a abdominoplastia. Nesses casos, a indicação cirúrgica poderá ser feita apenas por razões funcionais e higiênicas.

ANESTESIA E CICATRIZAÇÃO DA ABDOMINOPLASTIA (CIRURGIA NA BARRIGA)

Nas cirurgias de abdominoplastia as modalidades as anestesias mais utilizadas são dos tipos anestesia peridural e a anestesia geral.

As cicatrizes da abdominoplastia podem variar de tamanho, de acordo com o paciente. Normalmente trata-se de uma linha arqueada, na região pubiana, elevando-se para a lateral. Eventualmente, de acordo com os cuidados tomados no pós-operatório e da predisposição do paciente, pode ocorrer de as cicatrizes da cirurgia na barriga alargarem, ficarem mais espessas e rígidas.

São necessários cuidados com a troca de curativos decorrentes da abdominoplastia, uso de medicamentos como antibióticos e analgésicos, acompanhamento e retornos periódicos. O paciente poderá realizar a maior parte de suas atividades cotidianas após a cirurgia na barriga, lembrando, é claro, de seguir as recomendações de não pegar peso, manter a movimentação dentro dos limites recomendados e seguir as orientações médicas.

QUANTO CUSTA A CIRURGIA DE ABDOMINOPLASTIA?

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica proíbe a divulgação de valores e condições de pagamento em meios de comunicação como rádio, TV e web.

Gastos com as despesas médicas e hospitalares serão proporcionais à extensão do procedimento. Isso será detalhadamente esclarecido após avaliação médica em consulta .

ANTES E DEPOIS DA ABDOMINOPLASTIA

O código de normas e condutas do cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica proíbe a exibição de fotos de antes e depois da cirurgia de abdominoplastia, bem como de qualquer outra cirurgia plástica, mesmo que haja autorização do paciente. Proíbe, ainda, o uso de fotos de partes do corpo. A divulgação de preços e condições de pagamento em meios de comunicação, como jornal e TV, também é vedada.

COMO DEVO ME PREPARAR PARA A ABDOMINOPLASTIA?

Após conversar com o médico e esclarecer todas as dúvidas sobre a abdominoplastia, o paciente deverá fazer exames de rotina cerca de 10 dias antes da cirurgia, assim como uma avaliação clínico-cardiológica. Em alguns casos pode-se solicitar o ultrassom abdominal ou outro exame específico que possa ajudar no esclarecimento do diagnóstico.

Confira o manual de recomendações do pré-operatório:

Baixe o manual de recomendações para o procedimento de abdominoplastia:

COMO É O PÓS-OPERATÓRIO DA ABDOMINOPLASTIA?

Normalmente, a abdominoplastia não apresenta um pós-operatório muito doloroso. Mesmo assim, se apresentar algum grau aumentado de sensibilidade dolorosa após a cirurgia na barriga, o uso de analgésicos comuns resolverá bem esse problema e será recomendada sua prescrição pelo cirurgião. O paciente deverá usar apenas medicamentos recomendados por seu médico, seguindo todas as orientações dadas pela equipe cirúrgica. É melhor esclarecer as dúvidas com quem fez a operação do que pedir orientações a amigos que não conhecem detalhadamente o caso em questão, ou a outros profissionais médicos que não praticam essa cirurgia. É comum que o paciente se sinta muito bem, a ponto de esquecer que foi operado na barriga recentemente. Cuidado! A euforia poderá levar a um esforço inoportuno, o que causará certos transtornos.

Confira o manual de recomendações do pós-operatório:

Baixe o manual de recomendações para o procedimento de abdominoplastia:


DR. FREDERICO VASCONCELOS // CIRURGIÃO PLÁSTICO
  • Formado em Medicina pela Faculdade de Ciencias Médicas de Minas Gerais - FCMMG - BH/MG.
  • Especialização em Cirurgia Geral pelo Hospital Biocor - Nova Lima Grande BH/MG.
  • Especialização em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José / Feluma-FCMMG - BH/MG.
  • Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia.
  • Membro do Conselho Regional de Medicina de MG.
  • Membro do Conselho Regional do ES.
  • Membro do Corpo Clínico de Cirurgia Plástica do Hospital Materdei.
  • Membro da Equipe de Cirurgia Plastica do Hospital Villa da Serra.
cirurgia plástica cirurgia plastica