31 3213-0374 | 98955-5665 | 98766-5665 /

Cuide-se!

Aumente sua auto-estima e fique de bem com a vida!
Home > Blog > Os tipos de anestesia para a realização de cirurgia plástica

Os tipos de anestesia para a realização de cirurgia plástica

A anestesia é de extrema importância para a realização de uma cirurgia plástica. Sem ela, o paciente sentirá muita dor no local da operação, além de poder ficar ansioso e acabar com procedimento. No caso da remoção de rugas com o preenchimento facial por exemplo, o que pode ser utilizado é somente um creme anestésico, pois se trata de um procedimento mais simples, não é uma cirurgia. Em outros casos, há diversos tipos de anestesia que podem ser utilizados, como a local, a geral, a raquidiana e a peridural. É importante ressaltar que o paciente, em alguns casos, pode não reagir bem à anestesia aplicada, por isso é importante que a plástica seja realizada em um local preparado para que nada dê errado.

Anestesia local

A anestesia local é utilizada em diversos procedimentos de pequeno porte. Ela é injetada no local em que o paciente irá operar, sendo assim, ele não sente dor na hora em que são feitas incisões e a cirurgia plástica é realizada. Ela também pode ser aplicada juntamente com a sedação, fazendo com que o paciente fique mais tranquilo.

Anestesia geral

A anestesia geral deixa o paciente inconsciente, ou seja, ele não consegue acompanhar o procedimento. Ela é mais utilizada em cirurgias grandes, que exigem que ele durma durante sua realização. Ela evita que o paciente sinta dor e também é ótima para que não fique ansioso. Pode ser inalada ou injetada na veia.

Anestesia peridural

A anestesia peridural bloqueia a sensibilidade, normalmente da cintura para baixo. Uma injeção é aplicada na coluna vertebral, fazendo com que ela não entre na corrente sanguínea. Assim como na local, nesta também é possível utilizar a sedação.

Anestesia raquidiana

A anestesia raquidiana, também conhecida como raquianestesia, faz com que o paciente perca a sensibilidade da cintura para baixo, facilitando cirurgias nesta região. Seu custo é baixo e proporciona uma boa segurança. Ela pode ser utilizada para a realização de lipoaspiração, abdominoplastia e gluteoplastia.

Veja também!

PESQUISA

DR. FREDERICO VASCONCELOS // CIRURGIÃO PLÁSTICO
  • Formado em Medicina pela Faculdade de Ciencias Médicas de Minas Gerais - FCMMG - BH/MG.
  • Especialização em Cirurgia Geral pelo Hospital Biocor - Nova Lima Grande BH/MG.
  • Especialização em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José / Feluma-FCMMG - BH/MG.
  • Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia.
  • Membro do Conselho Regional de Medicina de MG.
  • Membro do Conselho Regional do ES.
  • Membro do Corpo Clínico de Cirurgia Plástica do Hospital Materdei.
  • Membro da Equipe de Cirurgia Plastica do Hospital Villa da Serra.
cirurgia plástica cirurgia plastica